O Tampinha Legal ultrapassou o valor de R$ 800 mil destinados para entidades assistenciais cadastradas que fizeram a entrega do material coletado. O valor é o resultado da reciclagem do material arrecadado em quase três mil pontos de coletas distribuídos pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e outros quatro estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Para Simara Souza, a sociedade brasileira compreende “muito bem”a importância de dar o destino “adequado” aos resíduos sólidos e são iniciativas como o Tampinha Legal que estimulam as pessoas a coletarem os materiais e realizarem as doações.  “É gratificante contribuir para a sustentabilidade econômica do terceiro setor, ao mesmo tempo que elevamos os níveis de esclarecimento quanto ao destino adequado dos resíduos plásticos e de qualidade de vida de todos os envolvidos. Sabemos que 100% dos plásticos são recicláveis, portanto, matéria prima nobre que deve retornar para a indústria, caracterizando o processo de Economia Circular”, afirmaa coordenadora do Instituto SustenPlást.

TAMPINHA LEGAL

O Tampinha Legal é uma iniciativa do Instituto SustenPlást, buscando a melhor valorização de mercado para o material plástico. Recentemente, lançou as ações Copinho Legal e Canudinho Legal que, seguindo o modelo do Tampinha Legal, destinam 100% dos recursos obtidos com a venda dos destes materiais para as entidades assistenciais participantes do programa.

A coordenadora do SustenPlást, explica que o Tampinha Legal tem caráter educativo. “Cada um de nós precisa exercer sua cidadania com responsabilidade. Destinar adequadamente o material plástico proporciona que novos artefatos sejam produzidos (como baldes, prendedores de roupas, pás de limpeza, etc) e todos ganhamos com isso”, afirmou Simara Souza. Ao todo, mais de 500 entidades assistenciais estão cadastradas e 429 toneladas de tampinhas plásticas já foram encaminhadas à reciclagem.

EM OSÓRIO

O projeto tem diversos pontos de coleta espalhados por todo o Estado e no Litoral Norte não é diferente. Em Osório, as tampinhas podem ser entregues na Igreja Internacional da Graça de Deus – IIGD (Rua Costa Gama, 430); na farmácia Pharmaden (Rua Marechal Floriano, 764); e nas Escolas Criança Feliz (Rua Costa Gama, 1650), General Osório (Rua Coronel Reduzino Pacheco, 308) e Milton Pacheco (Rua Marquês do Herval, 333). Vale ressaltar que no município, a ação Tampinha Legal auxilia a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).