Começou a valer na última quinta-feira (1), o reajuste tarifário para os ônibus intermunicipais que circulam na Aglomeração Urbana do Litoral Norte, a qual abrange todas as cidades da região, exceto três: Mostardas, Santo Antônio da Patrulha e Tavares. O aumento, aprovado pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) no último dia 22 de junho, é de 5,9%.

O reajuste vale somente para os ônibus que se deslocam de uma cidade para outra na região — e não para aqueles que circulam dentro dos municípios ou que vão para outros locais.  Não há uma tarifa única, já que há diferentes itinerários operados pelas seis empresas da região Aglomeração Urbana do Litoral Norte. Todas, no entanto, sofreram o mesmo reajuste.

Conforme a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), responsável pelo transporte nas áreas metropolitanas, o reajuste também entrou em vigor em outras três regiões a partir desta quinta. O índice, no entanto, varia de acordo com o local.

Para a Região Metropolitana de Porto Alegre, onde há 22 empresas, o aumento foi de 4,83%. Na Região Metropolitana da Serra Gaúcha, onde há sete empresas, o reajuste é de 7,87%. Já para a Aglomeração Urbana do Sul, o percentual varia. Para as linhas da Expresso Embaixador, é de 6,24%; já para as linhas da Empresa de Transportes Bosembecker e Empresa de Transportes Santa Silvana, chega a 7,12%.

Foto: Daer