A chuva que vem atingindo praticamente todo o Estado nos últimos dias tem causado transtorno aos moradores do Litoral Norte gaúcho. O temporal de granizo no último sábado (5) deixou aproximadamente 41 mil pontos sem luz na região. Os municípios afetados foram Capão da Canoa e Xangri-lá. Segundo a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), o problema foi ocasionado devido ao rompimento de uma linha de transmissão, o que acabou afetando duas subestações da CEEE na região. De acordo com os agentes da Companhia, a energia elétrica foi retomada em todos os locais atingidos até o meio-dia de sábado.

Outros municípios que também registraram queda de granizo foram Imbé, Maquiné, Osório e Tramandaí. Além da chuva de pedras, foram registrados alagamentos em diversas cidades da região. Segundo a meteorologista Ludmila Pochmann, a chuva com granizo ocorreu devido a uma “grande linha de instabilidade” que se formou, devido ao encontro de ar quente com uma massa de ar polar, o que acaba ocasionando a chuva com pedras.

Os municípios do Litoral Norte estão entre os mais atingidos pelas chuvas dos últimos dias. Conforme o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em Maquiné, por exemplo, foram registrados mais de 55 milímetros de chuva, o que equivale a aproximadamente 40% do esperado para todo o mês de setembro.

Apesar das condições climáticas, a Defesa Civil Estadual não registra informações sobre desabrigados ou desalojados na região, muito menos no Estado. Segundo a Somar Meteorologia, a previsão é que essa instabilidade permaneça até o próximo final de semana.

Fotos: CEEE/ Litoral na Rede

Chuva de granizo foi registrada entre a madrugada e a manhã do último sábado (5).