A Secretaria Estadual de Saúde (SES) anunciou que vai começar a testagem dos caminhoneiros para a Covid-19. Os testes vão ser aplicados nos profissionais que passarem pelos postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas cidades de Osório (no Litoral); Bento Gonçalves, Caxias do Sul, São Marcos e Vacaria (na Serra); e Passo Fundo (no Noroeste do Estado). Vale ressaltar que a PRF vai oferecer orientação aos caminhoneiros e garagens para estacionar os caminhões.

A ação partiu da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em conformidade com uma legislação argentina, que pede um teste RT-PCR negativo para a presença do coronavírus nos caminhoneiros que atravessarem a fronteira. Além da ANTT, PRF e SES, a ação também conta com a participação da Associação Brasileira de Transportadores Internacionais (ABTI).

Para realizar o teste RT-PCR, o caminhoneiro deverá portar um documento chamado Manifesto Internacional de Cargas (MIC), para provar que atravessará a fronteira com a Argentina. Todos os insumos necessários aos testes serão oferecidos pelo Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública (CGLab).

Primeiramente, os testes serão rodados no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Porto Alegre, até que a estrutura do Laboratório de Fronteira (Lafron), em Uruguaiana, esteja totalmente montada. No Lacen, o processamento dos testes desses profissionais ocorrerá com prioridade, para cumprir o prazo de sete dias de validade do resultado para que eles possam atravessar a fronteira.

A definição da data exata do início da ação e mais detalhes sobre os locais de coleta deve ocorrer nos próximos dias.

Foto: PRF