Três homens foram mortos a tiros na noite desta terça-feira (2) no bairro Nova Nordeste. Moradores relataram a Brigada Militar (BM) que teriam ouvido vários disparos próximos a região. As vítimas foram encontradas com ferimentos a balas em frente a uma residência localizada na Rua João Cabral de Melo Neto. Segundo a BM, o crime teria ocorrido por volta das 19h e 30min.

Após a realização da perícia, a polícia conseguiu identificar as vítimas. Entre elas estavam os irmãos Fabricio dos Santos Dersken (31) e Jonas Tiago Dersken Jacinto (22), ambos com antecedentes. Fabricio tinha passagens por crimes como tráfico de drogas, furto e lesão corporal, entre outros. Já o irmão, possuía antecedentes por tráfico e posse de entorpecentes, arrombamento a residência e ameaça. A outra vítima foi identificada como Ademir de Freitas Jr (padrasto de Fabricio e Jonas Tiago), de 31 anos de idade. O homem tinha passagem por posse de drogas, ameaça e apreensão de objeto.

Testemunhas relataram que o os responsáveis pelo triplo homicídio teriam chegado ao local em um automóvel Gol de cor cinza. Os indivíduos teriam arrastado as vítimas para a fora da casa onde se encontravam e efetuaram os disparos. Em consulta as câmeras de vigilância, a Guarda Municipal conseguiu identificar o veículo relatado pelos moradores.

A Polícia Civil já pediu acesso ao sistema de monitoramento da prefeitura da cidade e segue investigando o caso. Nesta quarta-feira (3) o delegado Alexandre Souza, responsável pela investigação, informou que o mandante do crime já foi identificado e que estão trabalhando para identificar os autores do triplo homicídio. A polícia trabalha com a possibilidade que os homicídios estejam relacionados a uma disputa entre grupos criminosos rivais, algo que vem sendo cada vez mais frequente em todo o Litoral Norte.

Foto: BM