TSE x LULA

Os brasileiros assistem a uma disputa acirrada entre estes dois representantes da democracia. Um defende a democracia por que é “dono” das eleições e de todo o processo que irá escolher o futuro da nação que está sendo apregoada pela velha mídia como a batalha entre o desenvolvimento e a evolução da corrupção comunista. Já o segundo representa o arauto da verdade e da solução de todos os problemas, com este “seus problemas acabaram” como diz o jargão de um anúncio publicitário conhecido de um programa humorístico.

A grande disputa entre a instituição eleitoral e o larápio descondenado está em quem realmente é o mais honesto, o mais sábio, o mais enganador. A simbiose de ambos é perfeita, pois trata-se do criador e a criatura. O descondenado foi quem criou a base que comanda do TSE e daí surgiu a imagem de seu criador, a criatura. A lascívia política é intensa e isto já se tem devidamente confirmado com todas as ações que envolveram ambos onde tem como base sólida o STF.

Nosso Tribunal Superior Eleitoral a quem deveria ter o respeito e a dignidade de dar aos milhares de eleitores a segurança de eleições realmente limpas e auditáveis desrespeitou a própria lei de décadas atrás que previa o voto eletronicamente impresso. Inclusive muitas das urnas eletrônicas adquiridas vieram com o dispositivo para impressão e impressora, sendo desconsiderados pelos magnânimos do TSE. Tanto é assim que uma cooperativa do Mato Grosso no ano passado fez a eleição da cooperativa utilizando uma urna com voto eletronicamente impresso demonstrando a simplicidade e a importância deste gesto. Recursos para aquisição das urnas existem e foram incluídos em repasses anteriores quando da aquisição de lotes de urnas eletrônicas. Mas por que será que o STE insiste tanto na sua lisura, que nem mesmo os bancos que investem milhões sem segurança virtual assim mesmo são vítimas de fraudes como ocorreu com o Banco Itaú a poucos meses atrás. Ou, até mesmo a invasão racker aos computadores do TJRS que paralisou a Justiça gaúcha por vários dias ocorrida no ano passado. Mas temos o STE que é mais puro que Madre Tereza e mais confiável do que qualquer outra nação desenvolvida, principalmente Bangladesch e o Butão onde também usam estas urnas eletrônicas.

Tendo o descondenado Lula no páreo eleitoral aí que o sistema ganha força de seriedade, pois está concorrendo o homem mais honesto da face da terra, o quase filho de Deus, pois já se lançou a candidato também. Lula representa um dos mais nefastos sistema de governo, o socialismo que gerou o maior genocídio de seus cidadãos e de muitas outras nações com suas invasões. O Brasil já devia ter criado lei proibindo o comunismo, por ser tão nefasto e criminoso como foi o nazismo. A experiência de quase três décadas petistas levando o Brasil a ser o laboratório e financiador do Foro de São Paulo gerou pobreza, fome, desmantelamento da Saúde, da Educação e de toda a infraestrutura que desenvolveria a economia do país.

O povo brasileiro, que realmente ama o país e sua nação deve dar a resposta nas urnas e nas ruas mostrando o descontentamento com toda a armação maquiavélica que está sendo montada. A América Latina sucumbiu aos regimes de esquerda, tendo a Colômbia eleito um guerrilheiro do narcotráfico, assim como tivemos a nossa guerrilheira dislexa e o chefe de quadrilha criado no laboratório sindicalista de corruptos. O Brasil é o único país a estar fora deste conluio de exploração do povo.

A nação brasileira tem de se libertar e expurgar aqueles que exploram o povo, que desdenham dos que produzem e que não se importam com a mazela que criaram.


There is no ads to display, Please add some