No último dia 10 foi realizada a colação de grau do curso de Direito de 2019.1. Foi uma cerimônia emocionante como tantas outras que a instituição já realizou, afinal de contas, é uma missão concretizada.

Mas esta formatura foi especial, pois o momento foi marcado pela colação de grau de Daiani Martins Lemos, a primeira deficiente visual formada na UNICNEC.

Daiani é residente do município de Mostardas, e iniciou a graduação em Direito em 2013, enfrentando cerca de três horas de viagem todas as noites.

À época a instituição, inicialmente como Faculdade Cenecista de Osório – FACOS, iniciou os investimentos para atender as necessidades da Daiani e de outros alunos que foram ingressando durantes os anos.

Assim, a instituição adquiriu piso tátil e impressora em braile. A hoje bacharel em Direito foi a primeira a utilizar estes recursos que foram auxiliando em sua trajetória acadêmica.

Para reduzir as dificuldades, Daiani realizou um curso de informática para deficientes visuais, o que proporcionou maior autonomia e independência. Através do curso, passou a utilizar seu próprio computador com os programas necessários para auxiliar no estudo.

“Com a graça de Deus, minha fé, força de vontade e apoio daqueles que sempre estiveram a meu lado, consegui superar todas as adversidades” comemora.

Nem mesmo as dificuldades fizeram com que Daiani desistisse do seu objetivo. “Me sentia insegura por causa dos obstáculos, afinal era uma situação nova em minha vida. Não fazia muito tempo que eu havia perdido a visão. Porém, minha professora Maria Aparecida e minha madrinha Kátia deram muita força e apoio, me incentivando a continuar a graduação” lembra.

Daiani lembra também as pessoas que estiveram com ela durante a trajetória acadêmica, todas de extrema importância para seu crescimento profissional.

“Primeiramente minha mãe, Tereza V. Martins, pois quando perdi a visão em 2011 e ia abandonar tudo, ela não me deixou desistir, dizendo que eu não ia ser o que eu não quisesse ser. Foi minha companheira nestes 6 anos de graduação, me deixava no ônibus e esperava chegar, após a meia noite, além de ler e estudar junto, deixando seus afazeres para me ajudar”.

Além de sua mãe, Daiani faz questão de lembrar e agradecer outras pessoas que a auxiliaram a conquistar o título de bacharel em Direito pela UNICNEC. “Lembro com carinho da Profª Maria Aparecida da Costa, de Palmares do Sul, que me ensinou o braile e deu aulas de orientação e mobilidade. Também o Promotor de Justiça da comarca de Osório, Dr. Luis César Gonçalves Balaguez. Graças ao apoio deles consegui ingressar no ensino superior” afirma.

Daiani ainda cita pessoas pontuais em sua trajetória acadêmica, como os professores Caroline Dávila, Vinícius Braga, Saulo Marimom, Patrícia Sampaio, Patrícia Quartieiro, Ed Moraes, Jarbas Freitas, Everton Botz, Antonio Ractz, Angela Rebes, Luciano Roitter e Prof. Jean Severo. “Todos estes excelentes mestres foram sempre muito atenciosos, preocupados em me atender da melhor forma possível, sem fazer nenhum tipo de distinção dos demais alunos, dando todo o apoio possível e necessário” afirma.

Nestes seis anos de graduação, Daiani conviveu com muitos colegas. Lembrará sempre com carinho de Lohana, que segundo ela, foi sua companheira desde o primeiro dia de aula, parceira de estudo em quase todo o curso. “Era minha parceira nas aulas, nas provas e em todos os momentos, me dando todo o apoio. Não posso deixar de falar também das colegas Paula, Graça, Natalia, Camila, Tairone, Pedro Henrique e Edelândia, entre outros. Sempre que precisei eu pude contar com eles”.

Agora como Bacharel em Direito, Daiani conta que irá de dedicar a serviços voluntários e se preparar para concursos.


There is no ads to display, Please add some