Veículos perdem as placas com temporal no Litoral Norte | Foto: Samuel Maciel

As chuvas da noite e da madrugada dessa quarta-feira não resultaram em danos significativos para os municípios do Litoral Norte. A situação, no entanto, chamou a atenção pela grande perda de placas de veículos. Durante esta quinta-feira, os quarteis da Brigada Militar (BM) de Tramandaí e Imbé receberam motoristas à procura dos itens.

Na sede da BM de Tramandaí, uma folha com o número de todas as placas encontradas na rua e trazidas pela população estava pendura na parede. Assim, os condutores iam chegando com os documentos dos veículos para ver se suas placas haviam aparecido por lá.

O veranista de Imbé, Silvano Quadros, 23 anos, procurava o emplacamento de seu Ford Escort SW, perdido no alagamento na noite anterior. No entanto, não teve sorte. Já com Carlos Matos, 66 anos, a situação foi diferente. Ele havia perdido a placa de seu Citroën C4 em uma das ruas próximas da BM em Tramandaí e o objeto havia sido levado para o local.

Quem ainda não encontrou a sua placa, pode procurar nas delegacias. Em Tramandaí, a BM fica na avenida Emancipação, 1.795. Por lá, até a tarde desta quinta, ainda se encontravam cerca de 30 placas. Já em Imbé, havia apenas duas. A Brigada do município fica na avenida Porto Alegre, 335.

Além dos veículos, no entanto, não foram registrados outros estragos pelo temporal. Quem afirma é o coordenador da Defesa Civil regional Metropolitana e do Litoral, major Alexsandro Goi. Segundo ele, a região Metropolitana, mais precisamente Viamão, teve os maiores danos. Ele adiantou, no entanto, que estavam previstas mais chuvas para o início de noite de ontem nas duas regiões por causa de um sistema de temporais vindo da região da fronteira.