O velório da segunda vítima por Covid-19 no Litoral Norte foi realizado na última quinta-feira (16) segue gerando preocupação de moradores da região. Segundo informações, o velório do homem de 52 anos, que ocorreu no município de Terra de Areia, teria descumprido as medidas exigidas pela Vigilância de Saúde nesse período de pandemia.

A cerimônia ocorreu com o caixão aberto e contou com a presença de mais de 50 pessoas. Vale ressaltar que no momento do velório, ainda não havia sido confirmada a causa da morte por Covid-19. A família e a funerária alegam que não tinham conhecimento da doença. A preocupação agora é para localizar todas as pessoas que estiveram no velório para evitar que haja uma proliferação da doença.

Até a noite de sábado (18), ao menos 53 pessoas que estiveram no velório já haviam sido identificadas pela prefeitura de Terra de Areia. A recomendação é para que essas pessoas fiquem em isolamento domiciliar e atentas aos sintomas do novo coronavírus. Segundo o vice-prefeito do município, Osvaldo de Mattos Sobrinho, as pessoas que estiveram no velório, são residentes de Capão da Canoa, Itati e Arroio do Sal (cidade onde residia a vítima). As secretarias de Saúde desses municípios estão monitorando as pessoas que estiveram presentes no velório.

A Secretaria de Saúde de Terra de Areia está disponibilizando um número para quem esteve na cerimônia contatar o órgão. O telefone é o (51) 98258-1682.
A vítima enterrada na última quinta-feira era um homem de 52 anos, com histórico de infarto agudo do miocárdio. Ele era morador de Arroio do Sal e estava internado em Torres, desde o dia 11 desse mês.