veiculosA venda de veículos caiu 29,63% no Rio Grande do Sul em 2015. Já esperado, o tombo foi mais forte do que a média nacional.

O ano fechou com 201.533 emplacamentos. Em 2014, foram 286.400.

As quedas mais intensas ocorreram nos segmentos de caminhões e de implementos rodoviários. Recuos de 47% e 42%, respectivamente. Estes são, exatamente, dois veículos, cujas vendas funcionam como termômetro da economia.

Em seguida, destaca-se também a queda no segmento de comerciais leves. As vendas caíram quase 39%.

– O setor da distribuição de veículos acompanha o crescimento ou a retração da economia. Em especial, o setor foi prejudicado com alguns movimentos governamentais como o aumento recente do ICMS – contrariamente à lógica que seria baixar para atrair vendas. E o acúmulo de taxas de transferência que foram cobradas em dobro desde 2012 no Estado – diz Fernando Esbroglio, presidente do Sincodiv/Fenabrave-RS, entidades que representam as concessionárias de veículos.

Segundo Esbroglio, o mau resultado ao longo do ano provocou fechamento de concessionárias e corte de investimentos. O setor reduziu em 10% os postos de trabalho.


There is no ads to display, Please add some