A Vigilância Ambiental em Saúde realiza atividades educativas alusivas ao controle do Aedes aegypti, em parceria com a escola Osvaldo Amaral.O objetivo é despertar os alunos das primeiras séries para os cuidados com a casa, o jardim, de forma que haja uma redução nos focos de água parada principalmente no bairro Sulbrasileiro. No bairro Sulbrasileiro já foram identificados 37 focos do Aedes aegypti, em 2019. A conscientização das crianças e a mudança de comportamento da família, são as únicas formas de se garantir hábitos saudáveis, rotinas de higiene doméstica e participação nos movimentos que objetivam a saúde de toda a vizinhança. As atividades iniciaram dia 24 de setembro e se estenderão até 22 de outubro. A parceria com a Escola Osvaldo Amaral, escola sempre aberta para atividades extracurriculares, é de suma importância para que as informações da Saúde cheguem a comunidade com rapidez e qualidade. Todas as crianças receberam um jornal informativo sobre Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, com textos e atividades para levarem para casa.