doar-sangueCom os estoques de sangue abaixo da metade, o Hemocentro do Rio Grande do Sul precisa de doadores de todos os tipos de sangue, principalmente O positivo. O ideal é que o Hemocentro receba 120 doadores por dia. Hoje, a instituição recebe uma média de 60. Na manhã desta quarta-feira, o Grupo de Doadores Voluntários de Sangue (GDVS) de Butiá realizou a doação de sangue. Um grupo de 35 pessoas chegou cedo ao Hemocentro da avenida Bento Gonçalves para o gesto solidário.
O coordenador GDVS Butiá, Manoel Rosa, disse que todos os meses o grupo recebe doações nos hospitais de Clínicas, Santa Casa, São Lucas da PUCRS, Grupo Hospitalar Conceição e no Hemocentro. “Com o gesto solidário dos moradores de Butiá conseguimos uma média de 500 bolsas de sangue por ano”, explica.
A assistente social Maria de Lourdes Peck, coordenadora de Captação do Hemocentro/RS, disse que os estoques estão baixos em razão de que a instituição fornece sangue para 52 hospitais conveniados de Porto Alegre, região Metropolitana e litoral Norte.